Interpretação na COP15

cop15_logo_imgcop15_logo_txt

Foi publicado hoje no You Tube um vídeo que fala da intepretação na COP15 que acontece nestes dias. Segundo a matéria, 1/5 do contigente de intérpretes da ONU está em Copenhagen esta semana participando do evento, mas certamente deve haver mais colegas por lá, inclusive um colega nosso, que tem mandado notícias sobre o agito nas cabines.

Voltando ao vídeo, ele traz uma entrevista de Norman Lusted, chefe da Seção de Interpretação de Inglês da ONU, e explica como o sistema da ONU funciona, em relação à direção linguística em que os intérpretes das seis línguas oficiais da ONU trabalham.  A situação no Brasil é um pouco diferente, pois via de regra trabalhamos sempre para a língua A e B.


Ele também fala um pouco das dificuldades que os intérpretes encontram nao só na COP15, mas em qualquer cimeira de grande porte, tal como o jargão técnico e a abundância de acrônimos e siglas.  Achei muito oportuna a matéria e o vídeo muito instrutivo. Os intérpretes que estão em Copenhagen nestas duas semanas estão vendo a história ser forjada diante de seus olhos (e ouvidos), e também aportam a sua contribuição para o futuro do planeta.

uma resposta para “Interpretação na COP15”

  1. January 29th, 2010 at 16:14

    Tradução Simultânea - Ano novo, carreira nova | Tecla SAP diz:

    [...] Aproveito para acrescentar mais um à lista de recomendados pelo Tecla SAP, o recém-criado “Palavra de Intérprete – Um blogue sem botão de tosse“, das colegas Fabiene Rocha e Maria Eugênia Farré. O visual é leve e bem cuidado e, pelo que conheço das duas, o conteúdo será informativo, descontraído e muito útil tanto para os novatos quanto para os mais experientes na tradução simultânea. Destaco o vídeo/entrevista com Norman Lusted, chefe da seção de interpretação de inglês da ONU, publicado em “Interpretação na COP-15“. [...]

Deixe seu comentário