O tradutor-intérprete como personagem

Quais são os livros que retratam a profissão do tradutor-intérprete, ou se não isso, ao menos descrevem um pouco do nosso trabalho? Você pode garimpar alguns deles nas livrarias. Se o seu sonho é trabalhar como tradutor-intérprete, você não pode deixar de ler estas obras de ficção que falam um pouco do trabalho dos intérpretes. 

Coração tão branco de Javier Marías.  Juan é intérprete e tradutor, como Luisa, com quem está recém-casado. Ouvir e contar é o seu ofício. Ouvir, para ele, é quase uma obsessão, como uma forma de fazer existir o que acontece. Mas devemos contar sempre o que ouvimos? Não é melhor, às vezes, calar, guardar segredo, para que o passado não permaneça presente? E não é melhor, às vezes, não ouvir, para não saber e, assim, nos proteger? (Já li faz tempo, preciso reler)

Travessuras da menina má de Mario Vargas Llosa. Neste romance de inspiração autobiográfica, o jovem Ricardo tem apenas duas ambições na vida. Amar a Niña Mala e morar em Paris. Ele se instala na capital da França como tradutor e intérprete, mas sua amada atravessará seu caminho sob diversos disfarces: aprendiz de revolucionária na Paris e na Havana dos anos 60, esposa de um milionário britânico na swinging London da década de 70, amante de um mafioso japonês e organizadora de golpes, tramóias, mentiras e traições que infernizam a vida de seu eterno admirador. Aos poucos, descobrimos alguns de seus segredos, com a origem de suas inquietações nas iniqüidades da vida peruana. (Comentário: este eu já li e gostei, fala bastante sobre interpretação e traz uma mini-galeria de personagens super interessantes que são colegas do protagonista nas cabines).

Bel Canto de Ann Patchett. Este romance que transita entre a ficção e uma situação real, ocorrida numa embaixada estrangeira em país sul-americano, tem um intérprete no time de protagonistas. (não li, me parece um thriller)

Veja também estas listas, que incluem muitos e muitos livros que apresentam o tradutor como personagem.

Books that have translators as characters (olhem só que interessante, até Crime e Castigo de Dostoyevksy entra na lista, pois Ralskonikov fazia bicos de tradução, até tu Ralskonikov!)

Anche noi siamo protagonisti (uma lista extensa com vários livros de autores europeus, inclusive Julia Kristeva que em La donna decapitata (nome em francês- ??) apresenta uma tradutora como vítima de crime)

Real all about interpreters (uma listmania da Amazon com vários livros ficcionais e não ficcionais sobre interpretação e intérpretes)

Deixe abaixo também a sua indicação de leitura, vamos fazer esta listinha crescer.

Deixe seu comentário