Vocabulário bilíngue de Game of Thrones

Como intérpretes simultâneos devemos sempre  melhorar nossas habilidades linguísticas e amplitude cultural. Este é um dever que pode também se transformar num passatempo interessante e divertido. Como? Com a ajuda de séries de TV e filmes.

A tradução simultânea, por frequentemente lidar com o inusitado, exige conhecimentos gerais abrangentes e preparação contínua. Qualquer coisa pode aparecer na fala dos palestrantes, desde táticas de guerra de Sun Tzu a citações de séries de TV, e devemos estar preparados.

Por isso, para os intérpretes simultâneos, ampliar o vocabulário e o alcance cultural garante maior tranquilidade dentro da cabine. Aprender com personagens de filmes acaba se tornando uma prática mais prazerosa e interessante quanto mais bem cuidada for a produção cinematográfica.

Logo Game of Thrones

Este é o caso da série de TV da HBO, Game of Thrones, de inegável qualidade, que num sotaque britânico impecável tenta resgatar expressões e maneirismos de uma Idade Média reiventada.

Outra particularidade da série é que trechos dos episódios são falados em dothraki, um idioma criado pelo linguista David J. Peterson, da Sociedade de Criação de Línguas e que possui ‘sonoridade única, um vocabulário de mais de 1.800 palavras e sua própria estrutura gramatical de alta complexidade’.

Numa cena memorável para nós intérpretes, vemos uma perfeita demonstração da interpretação simultânea ao pé do ouvido (whispering) feita por uma nativa dothraki para Khal Drogo, que então promete a Viserys Targaryen uma coroa de ouro. A réplica é traduzida por Daenerys, na modalidade conhecida por tradução consecutiva.  “You shall have a golden crown that men will tremble to behold”.

Faço aqui um breve resumo do enredo e divido com vocês algumas pérolas de tradução que colhi assistindo aos episódios da segunda temporada.

Personagem de Game of Thrones Robb Stark

Robb Stark, da House Stark, filho de Lord Ned Stark, último a ocupar o cargo de Mão do Rei [Hand of the King] consegue que seus súditos [bannermen] lhe jurem lealdade [pledge fealty] e apoiem sua causa [rally to his cause] contra o falso rei Joffrey Baratheon, que se diz filho do falecido Robert, o Rei usurpador [the Usurper]. Numa batalha contra o exército real, Robb Stark captura e aprisona Jamie Lannister, o regicida [king slayer] irmão e amante da rainha regente [queen regent] Cersei, viúva de Robert e mãe do cruel rei Joffrey. Robb tem esperança de trocá-lo [trade him for] por suas irmãs Sansa e Arya que, acredita, viraram prisioneiras da corte após a execução de seu pai.

Enquanto isso, em Winterfell, uma fortaleza [holdfast] a norte da capital [King’s Landing] e berço dos Stark, os lordes locais reclamam que depois que a maioria dos homens partiu para a guerra, não lhes sobrou ninguém além de cavalariços [stable boys] e serventes de cozinha [scullions and kitchen wenches] para defender suas propriedades dos mercenários [sell swords] que estão à solta, desde a decapitação [beheading] de Lord Ned Stark.

O ponto de vista predominante na série é do mais jovem Lannister, Lord Tyrion, um anão loiro, também chamado de diabrete [Imp] por sua aparência e tremenda astúcia [cunning]. Os Sete Reinos [the Seven Kingdoms] estão em guerra entre si pelo trono de ferro [Iron Throne], vago desde a morte de King Robert, sem se dar conta de que a grande ameaça está a norte da muralha, onde os selvagens [wildlings] se organizaram sob o comando de Mance Rayder, um corvo [crow, apelido dos homens que guardam a muralha e são parte da patrulha conhecida como Night’s Watch] desertor. Mas de acordo com os mais supersticiosos, eles não são os únicos a habitarem o norte de Westeros: os assustadores mortos vivos [walking dead], snarks e grumpkins, criaturas que ninguém, nem mesmo o Google, sabe descrever, estão por toda parte e querem ultrapassar a muralha.

Bran Stark-RickonStark

Com o início da guerra [outbreak of war], Winterfell também fica desprotegida [unprotected], sendo que os únicos Starks que permanecem são Bran, de 10 anos, e Rickon, de 6. Bran não mais caminha depois de ter sido empurrado do alto de uma torre por Jamie Lannister. Theon Greyjoy, nativo das Ilhas de Ferro [an Ironborn] e criado pelos Stark depois da batalha que custou a vida de seus irmãos, trai o pacto feito com Robb e toma Winterfell com seus homens. Ele prometera a seu pai que os filhos das Ilhas de Ferro iriam saquear e pilhar, como nos velhos tempos [the Ironborn will reave and pillage, as it was in the old days]. Bran e Rickon fogem na calada da noite [the dead of night] com a ajuda de Osha e Hodor [the halfwits giant] mas caçados por Theon retornam [back track] e se escondem nos estábulos de Winterfell.

Stannis and Melisandre Game of Thrones

Na ilha de Dragonstone, Stannis Baratheon, irmão do rei morto, que também reivindica o trono [claims his late brother’s throne], planeja invadir King’s Landing com a ajuda da estranha sacerdotisa do fogo, [fiery priestess] Melisandre.

Daenerys and dragon

Do outro lado do Mar Estreito [Narrow Sea], Daenerys Targaryen, também acredita ser a legítima herdeira [rightful heiress to] do trono de ferro, pois é a única descendente viva [only surviving child] do Rei Aerys II Targaryen, deposto [ousted from] do trono durante a revolta de Robert e morto por Jamie Lannister. A mão de Daenerys foi vendida [she was sold into marriage] por seu irmão Vaserys ao chefe da tribo selvagem dos Dothraki, Khal Drogo. Sua convivência com o povo Dothraki, a morte de seu irmão, de Drogo e de seu filho não nascido [unborn son], reforçam nela a certeza de que é a rainha legítima de Westeros e que com seus dragões poderá ter sucesso.

Daenerys Mãe dos Dragões

Ela também é conhecida como Mãe de Dragões [Mother of Dragons] depois de entrar nas chamas da pira fúnebre [funeral pyre] de seu marido carregando nas mãos os ovos de dragão petrificados [petrified dragon eggs] que recebera de presente de casamento e sair ilesa [unburnt, unscathed] com três pequenos filhotes [hatchlings]. Os dragões, tradicionalmente usados pelos Targaryens em suas batalhas, havia anos estavam extintos.

Catlyin Stark

Catlyn Stark vai visitar Renly Baratheon, irmão mais novo do rei falecido que reivindica o trono para si para negociar uma aliança [forge an alliance] com seu filho Robb, já que ambos lutam contra um inimigo comum, os Lannisters.

O espectro de Harrenhal [The ghost of Harrenhal], enviado pela feiticeira [sorceress] Melisandre, aliada de Stannis, entra na tenda onde Renly conversava com Cat, guardado pela fiel Brienne of Tarth, membro de sua Guarda Pessoal [the Kingsguard], e assassina o pretendente ao trono [pretender to the crown]. Grande comoção se segue já que os soldados da tropa de Renly se juntam ao exército de Stannis, o mandante, aos milhares [flock to support Stannis].

Sir Loras Tyrell, amante secreto de Renly, e sua irmã Margaery, agora viúva de um casamento de aparências, fogem para High Garden aconselhados por Sir Beilish, conhecido como Mindinho [Littlefinger], que estava no acampamento para convencer Cat, sua musa, a liberar Jamie Lannister, ainda prisioneiro de Robb Stark.

Cersei Lannister- Game of Thrones

Enquanto isso, Lord Tyrion comenta com a rainha Cersei que está preocupado com a superioridade militar de Stannis, que pretende marchar sobre Kings Landing para tomar o trono. “Levamos vantagem sobre eles de três para um” [We can outspend them three to one], acredita a rainha, tranquila. Seu ódio pelo irmão Tyrion cresce ainda mais quando chega a seus ouvidos o plano que ele montou em segredo de enviar sua filha mais nova [ship her youngest daughter off], Myrcella, para Dorne, para se casar quando atingisse a idade certa [when she comes of age], sob o pretexto de protegê-la.

Wildfire- Game of Thrones

Tyrion então descobre que os preparativos de Cersei e Joffrey contra o futuro cerco [siege preparations] da cidade envolvem fogo selvagem [wildfire]. Cersei contrata um piromante [commissions a pyromancer] da Liga dos Alquimistas [the Alchemists’ Guild] para pessoalmente montar os potes que serão lançados das muralhas da fortaleza [citadel walls].

O povo em Kings Landing, faminto, protesta e se diz podre e contaminado [swollen, bloated, foul] com tanta corrupção. Irmão fornicando com irmã na cama dos reis e ficamos surpresos que o fruto do incesto seja podre ? [Brothers fornicate with sisters in the bed of kings and we’re surprised when the fruit of their incest is rotten?]. Na verdade, acreditam que Tyrion, que chamam de macaco do demônio [demon monkey], manipula o rei [pulls the king’s strings] e o culpam pelos problemas da cidade [the city’s ills].

Espero que tenham aproveitado esta pequena amostra de como ampliar seus conhecimentos da linguísticos pode ser divertido. E isto se aplica a qualquer idioma, basta encontrar filmes ou documentários interessantes. Aguardem para o próximo post a continuação da saga de Westeros, em Game of Thrones.

Citações:

Aquele que profere a sentença [de morte] deve empunhar a espada.
“The man who passes the sentence must swing the sword.”

É a prerrogativa sagrada do Rei ocultar informações confidenciais dos membros do conselho.
“It is the King’s royal prerogative to withhold sensitive information from his councilors”

Cersei, quando indagada por Tyrion sobre os planos de Joffrey para conter o ataque das forças de Stannis

Como poderei provar meu valor saqueando vilas pesqueiras paupérrimas?
How am I supposed to prove myself by pillaging piss-poor fishing villages?

Theon Greyjoy, enviado pelo pai para tarefa humilhante ao retornar às Ilhas de Ferro

Curiosidade de intérprete:

Intrigada com o tal wildfire, que queima sobre as águas, consultei o google e vejam que interessante:

Wildfire: is a volatile liquid similar to napalm and Greek fire.

Fogo grego, também conhecido como fogo à prova de água, é uma mistura viscosa que flutua e queima até mesmo em contato com água, muito utilizada pelos bizantinos contra inimigos, em geral muçulmanos, nas diversas tentativas de tomada que Constantinopla enfrentou ao longo da Idade Média. Frequentemente armazenada em pequenos vasos de barro, podia ser lançada de muralhas e barcos diretamente sobre o inimigo. Não há relatos exatos a respeito da composição química dessa arma. Os bizantinos esconderam ou destruíram a fórmula, para evitar que caísse nas mãos de inimigos, mas uma provável hipótese é que seja algum composto variante de nafta.

Links para curtir mais Game of Thrones:

Game of Thrones BR

Game of Thrones Brasil

Blog Game of Thrones Brasil

Exposição Game of Thrones em São Paulo

 

 

uma resposta para “Vocabulário bilíngue de Game of Thrones”

  1. April 23rd, 2013 at 12:13

    Andréa Bianchi diz:

    é muito interessante ver a força dessas expressões do inglês antigo no contexto atual!

Deixe seu comentário